Mexicana quer ir da Califórnia ao Havaí de Laser

DSC_0589.jpg

O auge da carreira de um velejador de alto rendimento é ir a uma Olimpíada, certo? E depois que você participa de quatro edições, é normal querer dar uma relaxada, diminuir o ritmo. Mas a mexicana Tania Elias Calles não pensa assim. Ela tem como objetivo participar da Vendée Globe de 2020, regata conhecida como a mais dura do mundo, por não ter assistência, parada e ser feita em solitário.

Enquanto a data não chega e para ganhar notoriedade e conseguir a grana necessária para comprar o barco, que vai custar entre 3 e 6 milhões de dólares, ela vai se aventurando pelos mares do mundo. A próxima aventura vai ser sair da Califórnia, de Laser, e chegar no Havaí. Serão nada menos do que duas mil milhas náuticas. A aventura deve começar no meio do ano e deverá durar entre duas e três semanas. Ela será acompanhada de um barco, que vai checar previsão meteorológica e, claro, dar todo o suporte.

Em 2010 ela entrou para o Guiness como a mulher que velejou a maior distância sozinha em um Laser, ao sair de Los Cabos, cruzando o golfo da Califórnia até chegar na Bahia de Banderas, em um percurso de 282,78 milhas.

Antes de participar da Vendée Globe ela vai disputar a Barcelona World Race, que também dará a volta ao mundo, em 2018, em dupla.

Para acompanhar a aventura de Tania, acesse o site oficial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s