Classe Finn testará novo formato de competição em Palma

12645059_939142856168044_6648544705676126392_n.jpg

O Trofeo Princesa Sofia é uma das competições mais tradicionais das classes olímpicas mundiais. Todo velejador que sonha em disputar uma Olimpíada tem que competir em Palma de Maiorca. E já pensando nas mudanças que serão feitas em Tóqui0 2020, a classe Finn vai testar um novo formato de competição, que funcionará assim:

Round 1: Rodada de abertura, com nove regatas disputadas entre segunda e quinta-feira em um único grupo. Os dois melhores classificados seguem direto para a final. O terceiro, o quarto e o quinto colocados passam para o Round 3, semi-final.

Round 2: Uma única regata classificatória para a semi-final, com toda a flotilha exceto os top 5 da primeira fase, disputada na sexta-feira. Os cinco melhores passam para a semi-final.

Round 3: Semi-final, disputada na sexta-feira se houver tempo ou no sábado, com oito barcos, sendo os cinco melhores do Round 2 e o terceiro, quarto e quinto colocados do round 1. Os pontos serão zerados e os três melhores passarão para a final.

Round 4: Final, com cinco barcos (três melhores do round 3 e dois melhores do round 1). Os pontos serão zerados e o campeão do evento será o campeão desta regata.

O Brasil será representado por Jorge Zarif, quarto colocado nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s