Lars Grael e Samuel Gonçalves são vice-campeões mundiais de Star

WhatsApp Image 2017-07-09 at 17.36.43.jpeg

Terminou no último sábado em Troense, na Dinamarca, o Mundial da classe Star. Neste último dia de competição cinco duplas poderiam vencer, incluindo Lars Grael e Samuel Gonçalves. Os brasileiros estavam garantindo a vitória até a última perna, quando o vento rondou e o bi-campeonato escapou por apenas dois pontos. “Infelizmente não deu. Lutamos até o final. Largada olímpica na boia. Estivemos em 1º ou 2º em todas 4 montagens de boia e éramos campeões provisórios em todas as montagens. O Norueguês seguia em 10º ou pior. No último contravento deu tudo pela direita e caímos pra 5º. Eles subiram pra 8º nesta rondada. Fomos vice por 2 pontos e no desempate do 3º e a 1 ponto do 4º. Que sufoco!!!”, disse Lars. Os campeões foram Eividin Meleby (NOR) e Joshua Revkin (EUA).

O evento começou com vento muito forte, com mais de dez barcos avariados no primeiro dia e vitória da dupla brasileira. Nos três últimos dias, no entanto, o vento diminuiu muito, dificultando a vida dos velejadores. Além de Lars e Samuca, representaram o Brasil Bruno Prada, que correu na proa do americano Augie Diaz, terminando em 7º, Arthur Lopes, que correu com um timoneiro finlandês, terminando em 14º e Admar Gonzada e Alexandre Freitas, que ficaram em 20º.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s